Look Melissístico: Karim Rashid High

28 mar

Ontem teve um encontro de motoqueiros aqui na minha cidade. Em meio ao ronco dos motores e as calças de couro, lá estava eu. Pelas fotos, vocês podem perceber como eu estava contextualizada com o momento (hehehehehe).

Na verdade, saí para ir a um restaurante com o namorado e amigos, e o bendito estava localizado bem no centro da muvuca. No início, eu nem tava dando bola, me senti bem com o que estava vestindo.

Mas sabe um coisa que me irrita? O preconceito das pessoas com quem não “entra no clima” do vestuário neste tipo de evento*. Percebi alguns olhares em minha direção, como se apontassem: o que essa patriçoca tá fazendo aqui?

Mas tenho certeza que se algum chapéu de caubói com jaqueta de tachas e calça de oncinha viesse conversar comigo sobre rock n’ roll, ia, no mínimo, se surpreender. /,,/

Bom, sem mais delongas, aí está meu look metaleiro – hihihi:


Olha só a minha cara à la Brad Pitt em Queime depois de ler para os motoqueiros (hahahahaha):

Camisa: Encontrei no baú da minha tia

Saia: Piorski

Casquete: Débora Gotlib Vintage

Meia-calça: Lupo

Melissa: Karim Rashid High

Esmalte: Puro Glamour Colorama

Batom: Secrets Romance O Boticário

E aí, curtiram? Beijos e bom domingo!

*Update

Eu acho super estranho quando algumas pessoas aproveitam determinadas ocasiões para “se libertar”: ter algumas atitudes que não teria em outras épocas do ano, ou vestir uma roupa que não usariam no seu cotidiano. Por isso tenho minhas ressalvas em relação ao Carnaval. Penso que devemos ser nós mesmos e livres sempre! Pela liberdade de fato e de direito!

About these ads

5 Respostas to “Look Melissístico: Karim Rashid High”

  1. Carolina Tavares março 28, 2010 at 19:37 #

    Ahh, eu adorei o look!
    Beijaoo

  2. Claudiane março 28, 2010 at 21:28 #

    amei!!
    look muito lindoo!

  3. Ana Luiza março 29, 2010 at 14:01 #

    Obrigada, gurias! =*

  4. Joyce Nunes março 29, 2010 at 22:39 #

    O look está maravilhoso, de muito bom gosto…
    e nossa, como você é bonita!

    Hehehe eu sei como é um saco as vezes se sentir uma estranha no ninho…

    pior de tudo é quando você tem o costume de estar sempre arrumada e você vai num lugar que todo mundo é desencanado e maltrapilho… e ficam te olhando com aquela cara: nossa olha que ridícula essa aí que pensa em combinar um sapato com a roupa?

    BJSSSSS!

    • Ana Luiza março 30, 2010 at 12:31 #

      Pois é Joyce, essas coisas são chatas mesmo!
      É engraçado, porque já morei em duas cidades totalmente opostas, dicamos assim, no quesito vestuário. Em uma, se eu saísse arrumada, o pessoal ficava olhando estranho… E na outra, se saísse desencanada, olhavam estranho também! hehe
      Que coisa, será que a pessoa não tem o direito de sair arrumada ou desarrumada à seu bel prazer e ninguém ficar olhando com cara de espanto?
      O legal é que as pessoas de uma cidade falavam mal da outra, e vice-versa, e eu, como não era de nenhuma das duas, podia falar que achava ambos casos semelhantes, só mudava o motivo do preconceito! rs

      Beijos

Multiplique sua ideia conosco!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.788 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: