Boneca de Luxo e… Vampiros!

26 jul

Depois de dias de chuva, pude fotografar o esmalte da semana com um solzinho de fundo… Delícia!

A escolha é um vermelho lindo da coleção Impala Muito Luxo, o Boneca de Luxo. Sabe aquele vermelho que dá um ar de Diva à produção? É esse mesmo!

Confere só a cor:

E, para combinar com o vermelhão, nada melhor do que falar sobre vampiros, não é? 😀 Por isso, a dica de livro de hoje é um clássico: Drácula, de Bram Stoker.

Se você gosta de contos vampirescos certamente já deve ter lido o precursor deste tipo de história, que, na minha modesta opinião, é o melhor de todos os livros sobre o assunto.

Drácula, o personagem título do romance de Bram Stoker (1897), instalou a imagem do “vampiro” na cultura popular do século XX. Este foi inspirado no príncipe Vlad Tepes Drácula, conhecido por ser um cruel e sanguinário guerreiro, que marcou significativamente a história de seu país, Walláchia, região da atual Romênia, onde reinou por três vezes.

Para além da história “oficial”, o livro narra a trajetória deste líder, que, ao defender a igreja cristã contra o ataque dos turcos, tem sua noiva Elisabetha enganada: esta crê que seu amado morreu e então atira-se em um rio, afogando-se.

Vlad, ao retornar da guerra e constatar o falecimento de sua amada – condenada ao inferno devido ao suicídio – renuncia e renega a Deus e à igreja, jurando só beber sangue a partir daquele momento, tornando-se um vampiro.

Quatro séculos depois, ele descobre a reencarnação de Elizabetha em Londres, no corpo da jovem Wilhelmina Murray (Mina). Jonathan Harker, noivo de Mina, parte a trabalho para a mansão do Conde Drácula – que inicia assim o seu plano para reencontrar Elizabetha.

Lá é feito prisioneiro, enquanto Drácula se encaminha à Inglaterra para rever sua amada. O livro consiste em uma busca desesperada e sofrida do amante para reconquistar seu grande amor.

A história foi adaptada para o cinema em 1992, sob a direção de Francis Ford Coppola, trazendo Gary Oldman para o papel do sedutor Conde Drácula, Winona Ryder como Mina e Keanu Reeves interpretando Jonathan Harker.

Recomendo ambos, mas tenho que dizer que, ao contrário do que se possa pensar, gostei mais do final do filme!

Beijos

Anúncios

16 Respostas to “Boneca de Luxo e… Vampiros!”

  1. Marina julho 26, 2010 às 11:54 #

    Adorei a cor do esmalte!

    Beijos

  2. Anna julho 26, 2010 às 15:24 #

    o livro realmente é bom!

    • Ana Luiza julho 26, 2010 às 15:26 #

      Muito bom, Anna! Certamente é um dos livros que está na minha lista Top 10!

  3. Gabriela Garcez julho 26, 2010 às 16:10 #

    Isso faz eu me lembrar que eu emprestei meu Drácula pra minha prima, e eu ainda não liii, vou pedir de voltaq
    E lindo o esmalte!

    • Ana Luiza julho 26, 2010 às 16:46 #

      Ah, eu odeio quando esqueço que emprestei algum lvro meu e, quando chega na hora de ler, ele não está ali… 😛

  4. Tatiana julho 26, 2010 às 18:59 #

    Apesar de Dracula de Bram Stoker ser um clássico incontestável, ainda fico com as crônicas vampirescas da Anne Rice :))
    mas voltando ao Dracula…
    A adaptação do Coppola ao ótimo livro do Stoker é a melhor que já vi, e eu gostei daquela mudança no final da história.
    Beijos

    • Ana Luiza julho 26, 2010 às 20:46 #

      Oi Tati!
      Pois eu prefiro o original, digamos assim… 😛
      Mas também acho que esta foi uma das melhores adaptações de livros já feitas para o cinema!
      Beijão, querida!

  5. Virginia Lotus julho 27, 2010 às 18:26 #

    Fofíssimo o seu blog! Amei! ;**

  6. Bianca Ladyhawke julho 27, 2010 às 23:18 #

    Eu tenho esse mesmo livro, da mesma colê =)
    Bom, vou te ser sincera: eu gosto muito mais do filme, acho que tem mais cara de vampiro, sei lá… acho que eu li Anne Rice demais hauahuahaua
    Pra mim tem que ter sensualidade =P

    Beeeijo

    P.S. A ruiva do livro é muito santa =X

    • Ana Luiza julho 28, 2010 às 8:47 #

      huahuahuahuahuahua
      Ah, eu também adoro esta atmosfera de sensualidade dos vampiros da Anne Rice…
      Mas o Gary Oldman fez isso muito bem no filme, né? Ele tava tão bonito! *_*

  7. Letícia julho 28, 2010 às 2:37 #

    Tempo bom aquele em que a juventude gostava de vampiros que mordiam pescoços, fugiam do sol e eram MUITO MAUS de verdade… agora eles brilham no sol e são menos maléficos que o meu dedo mindinho.

    E esse vermelhão é DIVA. 😉

  8. andre setembro 11, 2011 às 22:52 #

    eu tenho esse livro e o filme voce tem bom gosto 🙂

Multiplique sua ideia conosco!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: